Fazendo estória por aqui...

15 de out de 2010

Coisas de criança...

Oiiii gente,

O Pedro anda me surpreendendo...as vezes acho que não estou criando uma criança e sim um "monstrinho", credooooo!!!!
Ele está com o cabelo comprido e não quer cortar o cabelo de jeito nenhum...outro dia o levei pra cortar e o escandalo foi tão grande que o cabeleireiro dele achou melhor voltarmos outro dia para não traumatizar....ai que vc que está lendo vai achar que o aconteceu alguma coisa alguma vez, PIOR que não, ele tem cisma mesmo de qualquer um que mexa na cabeça, só eu posso mexer e eu ainda não cheguei no módulo de corte no curso (de cabeleireira).
Masss, tudo isso é pra contar que, esses dias, eu estava falando pra ele que tinha que cortar o cabelo porque estava feio o cabelo grandão...nesse dia estava friozinho e ele com uma blusa de capuz...
A mãe (chata) falando...e ele caladinho...
Ele olhou bem para mim, disse: MAMÃE VOU COLOCAR A TOCA (jeitinho dele falar).
Tá bom filho...
Ele colocou (eu boba achando que ele tava com frio), ele vira e fala:
PRONTO, NÃO TENHO MAIS CABELO!!!!!
Afffff, to criando um monstrinho....desse jeito quando estiver com 15 anos me passa a perna fácil, fácil...

3 comentários:

Tati Pastorello disse...

kkkkkkkkkkkkkk
Eu chamo de geração nissim miojo, por que estão prontos em 5 minutos!
O Bê, na mesma situação, me questionou: Você também vai cortar o seu? Putz... O que eu diria depois dessa? kkkkkkkk
Adorei a resposta do Pedro.
Saudades de você! Fazia tempo que eu não passava por aqui.
Beijos.

Lidia Ferreira disse...

Adoreiiii ! rrsrsr
bjs minha querida

Marcelo Carvalho disse...

Ola Acuti! Descobri teu blog quando fiz uma pesquisa sobre corujas. Vc apareceu na pesquisa e descobri que es encantada pelas corujas, assim como uma grande amiga minha! Super facil presenter-la! So comprar uma corujinha diferente e a festa esta pronta!

Quanto ao teu topico sobre criancas e cabelos, rsss, nao se preocupe nao! A fobia do teu filho passara antes dos 15 anos!

Foi quando dei uma folga para a minha mae. Acredita que ela aprendeu a cortar cabelos por minha causa!

Hoje, confesso que com 34 anos, ainda sinto um frisson quando vou ao barbeiro! rsss

Tenha um otimo dia!