Fazendo estória por aqui...

15 de dez de 2010

Causos ainda de ontem...

Oi gente!!

Ainda tenho coisas do dia de ontem (que para mim ainda não acabou,não dormi!!)...
Depois da paranóia do dia e dos meus medos...resolvi fazer algo que tinha vontade fazia tempo, mas não tinha tido vergonha na cara pra fazer.
Eu precisava ter entregue umas coisas do serviço ainda, mas resolvi mudar o caminho e fui ao centro da cidade fazer umas comprinhas....aiiii, se o marido ler isso....
Precisava de uma coisinha, que para mim, tem um significado maior ainda do que ela já representa...precisava de uma Árvore de Natal pra minha casa.
No meu coração, parecia que isso era o que faltava para a família ser mesmo FAMÍLIA. E não que nós 4 aqui não sejamos, mas essa árvore era o último significado que faltava para mim...
Estou realizada, não é grande, mas é tão linda...é TÃO MINHA FAMÍLIA....TÃO MINHA VIDA!!!
O Pedro já entende esse "negócio" de Natal, e está na expectativa do presente de Papai Noel...muito linda essa magia que vejo pelos olhos de meus filhos!!!!!
Dai que eu contei pra ele que eu fui buscar a árvore lá com o Papai Noel, que ele tinha pedido pro Pedro cuidar da árvore e não estragar....foi lindo ver sua carinha quando chegou em casa e viu a árvore...e ele já cuidou direitinho!!! MARAVILHOSOOOOOOO
Também trouxe um chinelo para ele....credo né, eu sou SãoPaulina, mas marido é "curintianu"...e enche a cabecinha do meu filhote com isso....e pra agradar o marido,acabei trazendo o chinelo com esse tema....
Segue as fotos....

 Minha árvore sonhada...

A felicidade foi tanta com o chinelo, que ele dormiu assim, no carro, com o chinelo numa mão e tentando colocar na outra.....

Maria sapeca no carro....adora uma foto,fica toda alegrinha!!!

3 comentários:

Lidia Ferreira disse...

Maravilhosa , amei , adorei rsrs belas fotos amiga
bjs

pensandoemfamilia disse...

Oi querida
saudades.
Belas as suas fotos.

Lúcia Soares disse...

É uma lição pra gente ver que a criança se contenta com um presente dado com o coração.
Um trenzinho eletrônico, que corre pelos trilhos, solta fumaça (existe? rsrsr), apita, resfolega, tem 10 vagões, etc., etc., não faria tanto sucesso quanto o chinelo. Pode ser que os olhinhos brilhassem pela novidade em si, mas quando visse (o filho) que o trenzinho era "só aquilo", certamente o tiraria dos trilhos e passearia pela casa, ajoelhado, se arrastando, fazendo barulho coma boca...
Beijo, amiguinha. Estava sempre pensando por onde andaria...